Modelo de organização no trabalho coloca bancários em risco

  Escrito por FETEC-CUT/SPQui, 30 de Abril de 2015 16:38 Excesso de responsabilidades, ritmo ...

Senado promove enquete sobre projeto da terceirização

  Escrito por CUTSeg, 04 de Maio de 2015 15:16 Enquete do Senado avalia opinião de internauta...

Bancários do ex-BCN terão verba da Fundação Francisco Conde devolvida

Após anos de luta, os participantes da Fundação Francisco Conde, dos bancários do extinto BCN,...

  • Modelo de organização no trabalho coloca bancários em risco

    Ter, 05 de Maio de 2015 15:18
  • Senado promove enquete sobre projeto da terceirização

    Ter, 05 de Maio de 2015 15:39
  • CUT reafirma exigência de retirada imediata das MPs 664 e 665

    Ter, 05 de Maio de 2015 16:12
  • Bancários do ex-BCN terão verba da Fundação Francisco Conde devolvida

    Qui, 14 de Maio de 2015 15:44
Agenda Cultural

Um sindicato cidadão é um sindicato antenado com a cidade. Aqui você encontra cultura, lazer e entretenimento. A vida não é só trabalho, é também, diversão e arte! Leve quem você ama para um bom programa cultural

Assédio Moral

Assédio moral ou violência moral no trabalho não é um fenômeno novo. Pode-se dizer que ele é tão antigo quanto o trabalho. A novidade reside na intensificação, gravidade, amplitude e banalização do fenômeno...

Cursos

O Sindicato trabalha para que o bancário tenha uma melhor qualidade de vida e na melhoria contínua do cidadão. Com este foco temos como um dos nossos pilares o Centro de Formação, que abre caminhos e possibilidades para toda nossa categoria

Bancários do ex-BCN terão verba da Fundação Francisco Conde devolvida

Após anos de luta, os participantes da Fundação Francisco Conde, dos bancários do extinto BCN, adquirido pelo Bradesco em dezembro de 1997, estão chegando a um desfecho positivo quanto ao valor remanescente a que têm direito após a fusão, hoje em torno de R$ 111 milhões. O Ministério Público de São Paulo determinou ao Bradesco a devolução dos valores remanescentes do extinto BCN, dando um prazo de 20 dias úteis para o banco fazer o depósito em juízo.