Após intervenção do Deputado Estadual Alencar Santana, licitação para conceder linhas do metrô à iniciativa privada é suspensa
Ter, 26 de Setembro de 2017 12:42

TCE cancelou ação baseada em representação da bancada petista que alega prejuízo aos cofres públicos

alencar santana

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu nesta segunda-feira, 25, a licitação do Governo do Estado que pretendia entregar a operação das linhas 5 e 17 (lilás e ouro, respectivamente) do metrô à iniciativa privada.

A ação, prevista para acontecer quinta-feira, 28, foi cancelada após intervenção do Deputado Estadual Alencar Santana (PT).

Entre as justificativas de seu pedido enviado ao TCE está o alerta de prejuízo aos cofres públicos já que o Governo pretende entregar um patrimônio de R$22 bilhões, com previsão de lucro na ordem de R$ 10 bilhões, por apenas R$ 300 milhões.

Além disso, outras falhas no edital são apontadas, tais como a responsabilidade do Governo a compensar perdas da concessionária, caso haja atraso nas obras.