Altos Lucros, Altos numero de demissões

 

Foto : Imprensa Sindicato Bancarios Guarulhos e regiao.

Da esquerda pra direita, João, Jesse, Adailton, Luiza, Marcio, Zinho, Silvana, Gilmar e Luis Carlos .

Banco Itaú lucrou no primeiro trimestre de 2016 R$ 5,2 Bilhões, numeros  que impressionam pelo momento econômico que o pais atravessa. Na comparação com o  mesmo período do ano passado houve uma queda de 9,9% , que se explica com o aumento dos processos trabalhistas e dispensa de funcionários.

 E mesmo assim continua demitindo A Holding encerrou março de 2016 com 82.871 empregados no país, um corte de 2.902 postos de trabalho, em relação ao mesmo período de 2015. Houve o fechamento de 154 agências físicas no país, e abertura de 74 agências digitais entre março de 2015 e março 2016, totalizando ao final do período 3750 agências físicas e 108 digitais. Justificando assim as despesas de pessoal que subiram 5,9% atingindo R$4,7 bilhões, uma elevação de 72,9% em relação  a março de 2015, a cobertura da despesa de pessoal pelas receitas secundárias do banco foi de 164,5%.

As demissões estão ocorrendo sem justificativas plausíveis usando como desculpas a “avaliação de performance” dos bancários. Causando  um clima de terror e instabilidade prejudicando o ambiente de trabalho, e pra piorar, a falta de funcionário gera um ritmo estressante na rotina do trabalho para os que ficam, com acumulo de serviços , metas abusivas, assedio moral e falta de condições de trabalho causando adoecimento a toda a categoria. O diretor Gilmar que e funcionário do Itaú  reforça: “para combatermos as demissões no Itaú  e fortalecer nossa luta, temos que ter unidade entre bancários e sindicato, pois juntos somos mais forte”.

Fonte: Contrafcut